O empresário  Carlos São Vicente está detido desde Setembro, em Luanda, por suspeitas de corrupção, tendo a prisão preventiva sido prolongada, segundo um despacho de 20 de Janeiro da PGR por mais dois meses. Carlos São Vicente está também a ser investigado na Suíça por suspeita de branqueamento de capitais. Foi ouvido em Janeiro pela Procuradoria-Geral da República, no processo-crime que envolve o empresário angolano Carlos São Vicente, Manuel Vicente, como declarante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *